segunda-feira, 24 de outubro de 2011

O Crohn, O Blog, 4.000 Visualizações e Muitas Amizades

Fui a um dermatologista como tinha falado no poste anterior. O mesmo tinha sido indicado por Marco Zerôncio, mas acabei não gostando pela grosseria, rapidez e a falta de informação que foram trocadas na consulta. Enfim, vou fazer o tratamento mesmo assim, já que minha irmã fez tratamento com ele e resolveu o problema e também foi uma indicação do meu médico. As informações que o dermatologista me passou foram tão poucas que eu não faço a menor ideia do que se trata minha alergia.

Aproveitei para ir a Dr. Romualdo, já que a última vez que fui pra ele foi no dia de tirar os pontos da cirurgia. Aproveitei pra comentar que ainda tenho diarreia e que tou indo umas 3 vezes ao dia pro banheiro, essas vezes  com intervalos de aproximadamente 30 min, ele disse que é normal já que a parte que ele tirou foi a válvula ileocecal e que o intestino passa um tempo para se adaptar. Senti um clima de despedida na consulta, fiquei feliz por saber que estou com a situação dentro de controle, mas sentirei saudade do ótimo profissional que me acompanhou nessa jornada por alguns anos. 

Esses dias o blog completou 4.000 visualizações e fico feliz com o número de comentários que foram feitos essa última semana. Gostaria de lembrar que leio todos e tento fazer o possível para ajudar. O comentário feito no poste anterior de Laila me chamou atenção. Fala do cunhado dela de 19 anos que tem crohn e está sofrendo com a doença. Gostaria de dizer para todos que se encontram na mesma situação, que busquei viver mais, ter mais amigos, li mais, assisti mais filmes... e que só tentando ser feliz é que eu tou conseguindo. Nem tudo ao longo desse tempo com crohn foram momentos felizes, mas procuro lembrar que eu tenho condições de ter uma vida normal e espero milagres com o avanço da medicina. 

Tou feliz, tou com saúde. Espero ter ajudado de alguma forma, o blog me ajudou muito... conheci pessoas que são amigos até hoje, pessoas que me ajudaram... assim como Luan, Dona Graça entre outros.

Até mais...

14 comentários:

  1. Querido Arthur,

    Eu ainda tenho as crises, mas aprendi a conviver... Nossas conversas tem ajudado e mto...hihi

    bjO Ingrid

    ResponderExcluir
  2. aah obrigadooo =D
    o importante é compartilhar, pra sabermos que passamos pelas mesmas coisas!!!

    EU NAO MAIS!

    me recuso a sentir dores,
    me recuso a ter diarreia,
    me recuso a ir pra quarto de hospital e ficar com um cano no meu nariz...

    ME RECUSO!

    Eu não nasci com Crohn, nao vou me adptar a ele.
    ELE QUE SE ADAPTE A MIM!

    hunf!

    um beijo!

    ResponderExcluir
  3. Adorei o post, e fico muito feliz com o sucesso do seu blog.
    Parabéns

    ResponderExcluir
  4. Arthur, meu dermatologista é muito bom, Dr.Paulo Dutra, também tive um probleminha que achei que fosse alergia, era do Crohn mesmo.

    ResponderExcluir
  5. Oi Arthur!

    Passei aqui pra deixar o alô carioca pra vc hehehe!!

    Abs,
    Mauricio

    ResponderExcluir
  6. Messias Minas gerais3 de novembro de 2011 18:29

    oi arthur estou passandp tambem por umas crises consecutivas e dessa vez acho que causa da minha alimentaçao o medico disse que nao posso comer NADA mais NADA mesmo derivado da lactose o que para mim é o mais dificil, me diga se no seu caso seu medico te proibiu da lactose e se a resposta for sim como que vc fez para cortar " ela" e parabéns pelo blog e abraços

    ResponderExcluir
  7. Olá. Junto com minha primeira colonoscopia para descobrir o que tinha, fiz também exames de intolerância a glutén e a lactose. Como não apresentei nenhuma das respectivas intolerâncias a minha gastro recomendou que eu parasse de usar os derivados do leite por causa da gordura... ela falou que a gordura faz muito mau para o crohn. No período que segui essa dieta, tive que me adaptar ao leite de soja, também parei de tomar yogurt, chocolate... o que você conseguir evitar será importante, mas nunca se consegue para com todos os derivados de leite, então veja a questão da intolerância e tome mais cuidado com a quantidade de gordura e frituras que você come diariamente, era isso que eu fazia.

    Qualquer coisa estarei sempre por aqui com excessão desse fim de semana que irei viajar e ficarei sem internet. Abraço.

    ResponderExcluir
  8. Messias Minas gerais5 de novembro de 2011 20:00

    Arthur obrigado pela dica e o mais dificil é saber que nao podemos ingerir alimentos com lactose mais não é isso que vai nos desanimar nao nascemos usando esses alimentos acostumamos com o tempo e com o tempo vamos acostumarmos a viver sem "eles" abraços arthur e ate mais

    ResponderExcluir
  9. Messias, tb tenho crohn e um dos primeiros sintomes que tive foi intolerância a lactose.
    Tinha diarréia sempre que abusava de leite e derivados e depois foi confirmado no exame.
    Depois que passei a tomar o remicade os sintomas sumiram, inclusive a intolerância à lactose.
    Ainda assim, sempre procuro consumir produtos com lactose reduzida.
    Não sei se vc tem conhecimento, mas existe leite (de vaca) com redução de lactose. Existe um da Batavo (Sensy), um da Parmalat (Zymil) e um da Betânia.(veja nesse site: http://naturologiajaragua.blogspot.com/2010/09/as-restricoes-alimentares-sao-assuntos.html).
    Uso sempre o Sensy, pq é o que é mais disponível na minha cidade e tb tem redução de gordura.
    O sabor é ótimo, e já me acostumei de tal forma que hj prefiro ele aos leites "normais".
    Já encontrei tb leite condensado e creme de leite sem lactose (mais difíceis de achar) que não são tão parecidos com os normais como o leite, mas que dá pra consumir em bolos e outras sobremesas tb.
    De qualquer forma, antes de consumir é sempre bom consultar o médico que lhe acompanha. Ele é quem melhor poderá dizer se é adequado ou não consumi-los.
    Abraços

    ResponderExcluir
  10. Bom dia, é a primeira vez que passo por aqui, eu estava fazendo uma pesquisa no google e achei seu blog, vou me apresentar, tenho 32 anos e já faz dois anos e meio que eu descobri o chron, no começo foi dificil a gente se entope de informações na net e a cabeça começa a burbulhar de tanta coisa que vemos, passei essa fase e comecei a fase de aceitar e pensar em mim, eu não tinha nascido e nem vivido ate aquele momento com o crohn, então não ia ser ele que ia chegar agora e mandar em minha vida, comecei com varias medicações que foram por dois meses só e logo ja comecei com o remicade que mesmo que eu me sentia mal nos dias da aplicações, depois isso foi se tornando uma benção, tomei ele por dois anos e nunca tive sintomas fortes e nada que me internasse, apenas foi umas duas vezes ou mais durante esse tempo para um PS com colicas intestinais que alias é o sintoma que mais sinto, e acredito que a causa foi emocional pois mexe muito comigo, em relação a comida e bebida eu levo uma vida normal, evito alguma coisa que pode não me fazer bem, mas nada exagerado, como uma pessoa normal.Depois de 02 anos com o remicade o medico optou por parar a medicação ja que meus exames só apresentavam uma ielite cronica, fiquei 5 meses sem medicação nenhuma e passei muito bem, mas minha ultima colono deu um pouco de processo inflamatorio, e o medico me passou outra medicação mais fraca que é Azulfin (sulfalazina), na vdd eu preferia ter ficado com remicade, mas como estou pensando em engravidar a opção foi parar. Bom já falei demais e sem travas, li no seu post a respeito das coceiras, e foi o que me chamou a atenção, estou tomando a sulfa já faz 03 semanas e a uns 3 dias eu fiquei no sol meus ombros queimaram e isso se tornou um grosseiro avermelhado que coça sem parar, eu achei que fosse alergia do sol, mas como nunca tive acredito ser do remedio, vou observar melhor, pois a doença tb me trouxe uma alergia nos olhos que eu ja tinha mas hj está bem pior, faz com que se resseca os olhos e sinto muita dor nas articulações. Enfim hj eu me tornei uma pessoa bem melhor isso foi o que tirei de bom da doença, dou mais valor e procuro entender tudo de uma maneira melhor, hj também vejo que se vc é bem compreendido e tem apoio das pessoas ao seu redor sua vida se torna bem mais agradavél. Abraços e até mais meu email frandolo@terra.com.br

    ResponderExcluir
  11. Poiséh. recebi essa notícia ontem de que estou com a Doença de Crhon! Ta sendo muito diferente do que eu imaginava estar com uma doença. Sempre fui muito saudável e pratico exercicios normalmente sou estudante da área da saúde (odontologia) entao ta sendo muito diferente. Estou tentano a me adaptar com isso. ME ajudem! MEu nome è Daniel Ferreira Lima. Moro em Patos De Minas MG.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Daniel... meu e-mail é arthurjunior28@gmail.com

      Qualquer coisa me mande mensagens de dúvidas que ajudarei no que puder.

      Tente não ficar tão louco por causa da descoberta da doença. Eu sei que todo mundo fica, eu fiquei, mas depois você aprende a conviver melhor com ela.

      Excluir
  12. Olá meu filho com 15 anos foi diagnosticado com esta doença estamos apavorado o que vem pela frente ele ta muito revoltado por ter isto e nos estamos pedido .......

    ResponderExcluir
  13. Olá Isabel,

    realmente todos nós ficamos apavorados. Mas o que recomendo é procurar um bom especialista, que vocês sintam confiança e que de preferência tenha domínio sobre a doença. Outra dica que posso dar é que entre nos grupos do facebook que falam sobre crohn, lá vc tem a oportunidade de conhecer como vivem as pessoas.

    Um site confiável para obter informações é o http://abcd.org.br/

    Qualquer dúvida também pode me perguntar.

    ResponderExcluir