segunda-feira, 10 de setembro de 2012

Um Tempo Depois

Faz tempo que não escrevo no blog, o ruim disso é acontecer muitas coisas e eu não conseguir lembrar para compartilhar. 

Em um dos comentários da postagem passada, disse que iria falar um pouco da minha alimentação. Hoje, depois da cirurgia que fiz ano passado, consigo comer de tudo e não sinto mais dores. A recomendação do meu médico foi para que eu procurasse ter uma alimentação saudável, da mesma forma que qualquer pessoa precisa ter, não fui restringido de nada.

Depois da cirurgia e dos momentos ruins de recuperação, estou vivendo o melhor período com a doença, principalmente por estar comendo bem.

Ainda sofro com as lembranças da cirurgia, tenho muito medo de que os sintomas voltem a aparecer. Mas acho que é assim com todo mundo que tem crohn. Penso que a palavra "crônica" é muito forte e que por mais que o tempo passe, isso sempre me tortura. Quando sinto qualquer coisa na barriga a preocupação sempre aparece, espero que esse momento de paz com a doença dure bastante.

Minhas formas de terapia estão sendo meus amigos, minhas viagens e principalmente minha namorada. Estou muito feliz com minhas faculdades, com a forma que os dias estão se passando e de como estou cada vez mais independente.

Muitas coisas não foram postadas, tenho certeza. Hoje o dia foi muito feliz, mas estou triste... procuro pensar que alguns momentos nunca existiram, mas é inevitável.

8 comentários:

  1. Pessoal, Quero compartilhar com vocês nossa experiência POSITIVA com doença de Crohn.
    Temos um filho de 19 anos que há 2 anos sofre de doença de Crohn. Após a rotina de vários especialistas chegamos, por Deus- assim acreditamos , a um especialista que trata além de Crohn outras doenças atoimunes.
    Nosso filho iniciou este tratamento em um momento de crise aguda e após alguns dias ( 4 para ser mais preciso e em 10 dias não apresentava mais diarréia, gases, dores abdominais, etc.. ) os sintomas regrediram e já se vão mais de 60 dias, sem qualquer medicação do tipo sulfasalazina, Mesacol, etc...ele nem se lembra mais que tem Doença de Crohn.
    Gostaria de compartilhar aspectos técnicos, embora não sejamos da área.
    Diferentemente do que dizem os atuais livros acadêmicos, estudos recentes mostram que é sim conhecida a causa da doença de Crohn. Ela acontece por uma combinação de dois fatores que precisam apresentar-se juntos: stress e deficiência de vitamina D. Extinguindo-se um dos fatores, a doença e seus sintomas regridem. Quanto mais cedo se inicia o tratamento, maior as chances de recuperação plena, pois estão preservadas todas as funções que se compromentem com o tempo, devidos ao tratamentos atuais ( que combatem os efeitos mas não as causas ) .
    O tratamento é fácil, sem contra indicações e com custos muito abaixo ao tratamento convencional.
    Como ninguém está apto a controlar o stress o tratamento tem como fundamento principal o equilíbrio nos níveis de vitamina D.
    PRIMEIRA RECOMENDAÇÃO – peça a seu médico exame para determinar seu nível de vitamina D... que é feito por exame de sangue. Isto possivelmente mostrará a deficiência que mencionei acima.
    A deficiência de vitamina D ocorre pois apenas através de alimentação ( ainda que muito bem balanceada ) não obteremos a quantidade necessária. A fonte principal de síntese de vitamina D é o sol.. acontece que hoje cada dia estamos mais avessos ao sol, permanecendo em ambientes fechados e usando em excesso protetores solares ( que são úteis em momentos de sol a pino ) mas impedem a conversão de vitamina D na pele.
    SEGUNDA RECOMENDAÇÃO – Tome diariamente 20 a 30 minutos de sol, sem protetor solar, com pouca roupa ( para expor o maximo de area corpórea ao sol ). Qual o melhor horário??? Ao ficar em pé no sol verifique o tamanho da sombra.. se a sombra for igual ou maior a sua estatura, este sol é bom...Há variações de inverno e verão... razão pela qual a verificação do tamnaho de sua sombra é um balizador eficiente e prático.
    TERCEIRA RECOMENDAÇÃO – Assista os videos no youtube do médico que trata nosso filho Dr Cicero Galli Coimbra. Busque no youtube o nome dele mais vitamina D. Aparecerão varios videos esclarecedores sobre o tema... A doença de Crohn não é mencionada pois se da enfase a doenças autoimunes muito mais severas... Doença de Crohn segundo ele é muito mais fácil de tratar comparado a esclerose múltipla e outras doenças. Caso você domine o idioma inglês poderá tambem procurar no youtube seminários de vitamina D – symphosium e verás o alcance e o que afeta esta deficiencia e os benefícios que trará a quem tem estes níveis corretos.
    QUARTA RECOMENDAÇÃO – Não subestime estas informações.. sei que você deve ter ouvido e lido muito a respeito de melhoras e receitas. Nós passamos por isto, entretanto esta é um entre muitossssss casos de cura que Dr Cícero e sua equipe tem conseguido.
    Desejo o melhor para você e que encontre a cura como nosso filho encontrou. Deus te abençoe como fomos abençoados. mnsfilho@hotmail.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Excelente o comentário já tinha visto pel internet sobnre o tratamento com a vitamina D e sobre o Dr. Cícero, não o conheço, mas me pareceu um excelente médico, principalemnte por ter visões dentro da medicina de modo diferencial dos outros médicos, o que acaba também diferenciando o resultado do tratamento dos seus pacientes como pude ver no vídeo; mas mesmo assim ainda acredito que o fator alimentação é um ponto importante para qualquer pesosa, adoente ou não, devemos comer mais alimentos e menos produtos de super mercados. Parabéns pelo comentário.

      Excluir
    2. Estarei levando o assunto pro meu médico, mas prometo estar experimentando =)

      Excluir
    3. Faça isso Arthur,leve o assunto ao seu médico; mas mesmo ele sendo um dos melhores profissionais, pode ser que ele não dê muito valor a esse assunto; são pouco os médicos no BRasil que estão aplicando essa terapia e não acredito qeu seu médico seja um deles, mas vale a pena tentar e pesquisar...

      Excluir
    4. Gente...
      Li esse comentário e confesso que foi o que menos dei importância como uma possível solução para o meu problema de Chron.

      Coincidência ou não, sexta-feira resolvi ir a praia, pois nunca mais tinha tomado um SOL. Exagerei na dose, pq nunca mais tinha ido mesmo, e moro em cidade de praia e devido a correria do trabalho, facult e etc, eu não tinha tempo. Como pedi demissão do trabalho, e minha faculdade tá de ferias, fui na praia pegar um bronze.

      Não seii, nem vou afirmar que tem alguma relação, mas coincidentemente hoje já é domingo, e desde sexta-feira não senti nenhum tipo de sintoma, sem preguiça pra nada, e estou sem sentir dor nenhuma na barriga.Aí hoje voltei aqui no Blog, e fui relê os posts, pois me encantei com esse BLOG, e com a energia dele, aí resolvi relê esse comentário, foi aí que me deu um estalo, pq confesso que nem lembrava quando fui pra praia, tipo, eu não fui tomar sol pensando que poderia me ajudar, sabe!?

      Vamos ver até quando ficará assim!

      Excluir
  2. Boas Arthur ... O seu blog está super, gosto ;0)
    Compreendo o seu medo com as dores na barriga, quando fui internada o ano passado ganhei medo à febre, pois fiz algumas convulsões e estive em perigo de vida por causa do chron, hoje, passado um ano do susto estou como você... Sem restrições na comida e levando q vida sem stress. Abraço guerreiro e k o chron se mantenha adormecido por muito tempo.

    ResponderExcluir
  3. Leiam esta matéria!


    http://nutricaobrasil.wordpress.com/2013/05/02/um-novo-estudo-descobriu-que-a-vitamina-d-pode-combater-os-efeitos-da-doenca-de-crohn/

    ResponderExcluir